Vereadores Zonga e Genézio Mateus indica ao Executivo o pagamento 13º salário

Os Vereadores Zonga (PP) e Genézio Mateus (DEM) fizeram uma indicação conjunta ao prefeito Nilton Caetano para efetuar o pagamento da primeira parcela do 13º(décimo terceiro salário) dos servidores municipais no mês de Junho. Segundo os vereadores, muitos servidores vêm desde o inicio do ano, acumulando inevitavelmente muitas dividas com pagamentos, como por exemplo: IPTU, material escolar, parcelas de faculdade e licenciamento de veículos automotores. “As principais causas dos atrasos dos créditos, são a moras,multa e os juros que acabam reduzindo o poder de compra dos funcionários públicos municipais. São em média 900 funcionários públicos que injetarão mais de 1 milhão de reais no comércio local. Com o beneficio do pagamento, os funcionários públicos poderão colocar suas dívidas em dias e evitar transtornos financeiros. E, neste sentido, para executar o dever de casa,iremos fazer os ajustes financeiros necessários e realizar o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos funcionários da Câmara Municipal.E, com isso, contribuir com a economia de Espigão”. Justificou vereador ZONGA.


O vereador Genézio Mateus, informou que o prefeito Nilton Caetano, como sempre sensibilizado com os problemas que afligem nossos munícipes, após o pedido da indicação nº 97/2017, feito por mim e pelo presidente Zonga, está reunido com a sua equipe técnica financeira, para viabilizar o pagamento da primeira parcela do 13º salário. “O pagamento do 13º trará um enorme beneficio aos servidores inclusive dar maiores condições para irem à nossa 15ª Exposição agropecuária. Além de fomentar a economia local e diminuir o peso da folha de pagamento ao final do ano” afirmou vereador Genézio.

FONTE: Sidinei Gonçalves/Assessoria Legislativa.
Registro Profissional Jornalista: 1638/RO

 

 

Vereadores de Espigão liberam seus assessores para atender a Justiça Eleitoral

    Mesmo causando prejuízo a centenas de cidadãos que procuram diariamente os vereadores na Câmara Municipal para que seus representantes atendam suas demandas em suas comunidades, em nome da democracia, os vereadores liberam seus assessores para colaborarem com o programa de identificação Biométrica da Justiça Eleitoral, cujo o programa, atenderá todos os eleitores de Espigão. Sabemos da importância dos nossos colegas de trabalho para este poder. Neste período de dois meses, os nossos munícipes sentirão muita falta dos bons atendimentos esmerados para com todos diariamente que entra nesta Casa de Leis. Entretanto, a Justiça Eleitoral na pessoal do Juiz Eleitoral Dr. Leonel, esta com uma demanda muito grande, irão fazer o recadastratamento de mais de 20 mil eleitores. Este trabalho irá dar uma maior eficiência, transparência,confiabilidade e agilidade na hora de votarmos. Assim, mesmo com a deficiência por dois meses em nosso atendimento ao público da Câmara Municipal, colocamos nossos assessores para contribuir com a nossa democracia brasileira. Esta parceria entre os poderes e vital para o sucesso deste grande trabalho da Justiça Eleitoral” Justificou o presidente da Câmara Vereador Zonga.
      Iniciou  no dia 5 de junho, e irá ate final de Julho.Para fazer a atualização cadastral, os eleitores de Espigão devem comparecer das 8 às 17h no Fórum do Município, no auditório do Tribunal do Júri.No recadastramento, o eleitor deverá apresentar os seguintes documentos originais: título de eleitor, CPF, comprovante de residência atualizado e documento de identidade oficial com foto. Caso o eleitor não compareça, terá o seu título cancelado, o que implicará em uma série de impedimentos, tais como: ser nomeado e tomar posse em concurso público, obter passaporte e CPF, assim como a obtenção de documentos que exijam certidão de quitação eleitoral. O recadastramento biométrico é obrigatório. Comparecendo desde já para realizar a biometria, o cidadão só tem a ganhar. Além disso, evitará grandes filas nos últimos dias de atendimento.

FONTE: Sidinei Gonçalves/Assessoria Legislativa.
Registro Profissional Jornalista: 1638/RO

                                                                 Perguntas frequentes sobre o recadastramento biométrico

 

1 O que é Biometria?

Biometria é um método automático de reconhecimento individual baseado em medidas biológicas (anatômicas e fisiológicas). É atualmente bastante utilizado como base para sistemas de identificação. O uso de ferramentas biométricas proporciona aos sistemas de segurança total confiabilidade.

2 - Para que serve o recadastramento eleitoral biométrico?

O recadastramento biométrico serve para identificar o eleitor por meio da impressão digital, habilitando-o para o voto após o seu reconhecimento. Para tanto, o eleitor deverá comparecer ao cartório de sua Zona Eleitoral ou Posto de Atendimento criado para esta finalidade, para coleta das digitais, da assinatura eletrônica e de fotografia digitalizada. Além disso, o recadastramento serve para atualizar 

Leia mais:Vereadores de Espigão liberam seus assessores para atender a Justiça Eleitoral

Vereadores em Ação Solidaria

A idealizadora da Ação Social, Vereadora Saiara Toledo, juntamente com os Vereadores: Zonga (PP) Joveci do Pacarana (PSDB) Genésio Mateus (DEM) e Professor Joel (PT) com apoio do Deputado Estadual Só na Bença (PMDB) entregaram para o Asilo São Vicente, alimentos doados pelos alunos que fizeram as inscrições dos cursos da Escola do Legislativo; a Importância do Meu Trabalho para a Sociedade que formou 40 alunos e o Curso de Informática, que está andamento com 38 alunos. A coordenadora do asilo, Maria Elsa, agradeceu pela ação solidaria e pleiteou junto aos vereadores aparelhos de academia para ativar e alongar os músculos dos idosos

Vereadores aprovam recursos para estruturar a SEMAS com aquisição de equipamento

 

Para um melhor atendimento a dezenas de pessoa carente que procura diariamente a Secretaria Municipal de Assistência Social, os vereadores aprovaram o projeto de Lei nº 20/2017 de autoria do poder executivo municipal, que abriu crédito adicional especial ao orçamento geral do município de um valor de R$ 434.049,62 (quatrocentos e trinta e quatro mil, quarenta e nove reais e sessenta e dois centavos). A abertura de crédito se faz necessário para utilizar o saldo para atender as despesas de aquisição de equipamento, material permanente e material de consumo.

O relator do projeto vereador Genézio Mateus (DEM) criticou duramente a administração anterior por fazer uma má gestão dos recursos sociais “É inadmissível um gestor público em nome da economia deixar o dinheiro em caixa,e enquanto centenas de pessoas carentes do nosso município padecem por necessidades básicas e essenciais a sua sobrevivência. Não podemos deixar os recursos Federais voltarem a sua fonte de origem. Espigão está atravessando uns dos piores déficit de arrecadação de sua história. E,este valor aprovado hoje, estava em caixa desde o ano passado. Assim, todos os centavos de recursos perdido nos custarão muito caro quando a ausência dos serviços básicos bater a porta da população que estão dentro dos requisitos da inclusão social”. Ponderou o Genézio Mateus. E a justificativa do relator foi seguida pelos demais pares.

 

FONTE: Sidinei Gonçalves/Assessoria Legislativa.

Registro Profissional Jornalista: 1638/RO

Com pedido de demissão de 3 médicos concursados vereadores aprovam Projeto de Lei para contratar 5 profissionais em caráter de urgência

Os vereadores aprovaram em caráter de urgência o projeto de Lei nº 022/2017 que segundo o poder executivo tem como objetivo a contratação de médicos através de teste seletivos tendo em vista a necessidade de suprir a falta dos 3 profissionais da saúde que pediram demissão.Como não existem mais candidato concursado aguardando ser chamado, se faz necessário a contratação dos 3 médicos para substituí os que pediram demissão, além destes, mais 2 especialistas para abrandar a grande demanda de profissionais.

Segundo vereadora e relatora do projeto, Saiara Toledo (PSDB) serão contratados 3 clínicos gerais 01 obstetra e 01 visitador. “Primeiramente: diante da máxima urgência justificada pelo poder executivo, existindo um suporte orçamentário e financeiro para efetivação da referida despesa e tendo e vista o plano orçamentário que foi sabiamente realizado antes dos pedidos de demissão dos médicos, todos os vereadores foram unânimes em aprovar este projeto de alcance geral para nossa população” Justificou a relatora.

 

TRANSPARÊNCIA PÚBLICA

img portal transparencia

Holerite Web

CPL Licitações

CONCURSO PÚBLICO

Entrar

Sessão de Videos

https://youtu.be/EW-o_76JU3k

SESSÃO AO VIVO

WEBMAIL

Encaminhe pedidos
Matérias Legislativas e Normas Jurídicas