Vereadores de Espigão liberam seus assessores para atender a Justiça Eleitoral

    Mesmo causando prejuízo a centenas de cidadãos que procuram diariamente os vereadores na Câmara Municipal para que seus representantes atendam suas demandas em suas comunidades, em nome da democracia, os vereadores liberam seus assessores para colaborarem com o programa de identificação Biométrica da Justiça Eleitoral, cujo o programa, atenderá todos os eleitores de Espigão. Sabemos da importância dos nossos colegas de trabalho para este poder. Neste período de dois meses, os nossos munícipes sentirão muita falta dos bons atendimentos esmerados para com todos diariamente que entra nesta Casa de Leis. Entretanto, a Justiça Eleitoral na pessoal do Juiz Eleitoral Dr. Leonel, esta com uma demanda muito grande, irão fazer o recadastratamento de mais de 20 mil eleitores. Este trabalho irá dar uma maior eficiência, transparência,confiabilidade e agilidade na hora de votarmos. Assim, mesmo com a deficiência por dois meses em nosso atendimento ao público da Câmara Municipal, colocamos nossos assessores para contribuir com a nossa democracia brasileira. Esta parceria entre os poderes e vital para o sucesso deste grande trabalho da Justiça Eleitoral” Justificou o presidente da Câmara Vereador Zonga.
      Iniciou  no dia 5 de junho, e irá ate final de Julho.Para fazer a atualização cadastral, os eleitores de Espigão devem comparecer das 8 às 17h no Fórum do Município, no auditório do Tribunal do Júri.No recadastramento, o eleitor deverá apresentar os seguintes documentos originais: título de eleitor, CPF, comprovante de residência atualizado e documento de identidade oficial com foto. Caso o eleitor não compareça, terá o seu título cancelado, o que implicará em uma série de impedimentos, tais como: ser nomeado e tomar posse em concurso público, obter passaporte e CPF, assim como a obtenção de documentos que exijam certidão de quitação eleitoral. O recadastramento biométrico é obrigatório. Comparecendo desde já para realizar a biometria, o cidadão só tem a ganhar. Além disso, evitará grandes filas nos últimos dias de atendimento.

FONTE: Sidinei Gonçalves/Assessoria Legislativa.
Registro Profissional Jornalista: 1638/RO

                                                                 Perguntas frequentes sobre o recadastramento biométrico

 

1 O que é Biometria?

Biometria é um método automático de reconhecimento individual baseado em medidas biológicas (anatômicas e fisiológicas). É atualmente bastante utilizado como base para sistemas de identificação. O uso de ferramentas biométricas proporciona aos sistemas de segurança total confiabilidade.

2 - Para que serve o recadastramento eleitoral biométrico?

O recadastramento biométrico serve para identificar o eleitor por meio da impressão digital, habilitando-o para o voto após o seu reconhecimento. Para tanto, o eleitor deverá comparecer ao cartório de sua Zona Eleitoral ou Posto de Atendimento criado para esta finalidade, para coleta das digitais, da assinatura eletrônica e de fotografia digitalizada. Além disso, o recadastramento serve para atualizar 

 

3 - Qual a vantagem desse novo sistema?

A principal vantagem do sistema biométrico é a segurança, além da atualização do cadastro. Com a identificação biométrica não haverá a possibilidade de um eleitor votar no lugar de outro, tornando assim ainda mais seguro o sistema de votação eletrônico.

4 - Quem está obrigado a comparecer ao recadastramento?

Estão obrigados ao recadastramento todos os eleitores 
convocados ou não pela Zona Eleitoral que esteja executando esse procedimento, no período informado, inclusive aqueles cujo voto é facultativo e já possuem título (analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos de idade).

5 - O que acontece se eu não comparecer ao recadastramento?
O título será cancelado e assim permanecerá até que o eleitor procure a Justiça Eleitoral para efetuar o seu recadastramento biométrico.

6 - Como eu faço para ser recadastrado?

Compareça ao(s) posto(s) de atendimento de seu município, no(s) endereço(s) e prazo divulgados, munido de documento oficial de identidade que tenha sua foto e comprovante de residência atualizado.

7 - ATENÇÃO!!! Quais documentos preciso levar para ser recadastrado?

- Documento oficial de identificação que contenha foto (Ex.: RG, CNH, Carteira Profissional, Passaporte, Carteira de Reservista ou Certificado de Alistamento Militar - EM ORIGINAL);
- Comprovante de residência recente (emitido, no máximo, há 3 meses) no nome do eleitor ou de parente, devendo comprovar o parentesco;
- Documento comprobatório de alterações de dados pessoais, se houver (Ex.: certidão de casamento com homologação de separação, sentença judicial etc.);
- Se for o 1º título eleitoral, necessita-se ainda do comprovante de quitação do serviço militar (para homens com idade entre 18 e 45 anos).
OBS.: - Se você tiver o Título Eleitoral anterior, leve-o (se o tiver perdido, não é necessário trazer boletim de ocorrência);
- A CNH (Carteira Nacional de Habilitação) não é válida como documento de identificação para o alistamento eleitoral (1º título de eleitor) por não conter nacionalidade/naturalidade, assim como o Passaporte, se não contiver a filiação.
8 - Se eu não possuir documento oficial com foto, ficarei impedido de fazer o recadastramento biométrico ?
Deve-se dar preferência, sempre, à apresentação de documento oficial com foto. Contudo, caso o eleitor não possua tal documento, poderá apresentar a Certidão de Nascimento ou Casamento, EM ORIGINAL.

9 - Quanto tempo vou levar para ser atendido?

Após chegar ao guichê de atendimento, estima-se que em quinze minutos será finalizado o atendimento e o eleitor terá seu novo título eleitoral entregue em mãos (em regra, com o mesmo número de inscrição).

10 - Meu familiar (irmão/mãe/pai etc.) está doente ou é idoso, tem dificuldade de locomoção ou é pessoa com deficiência e não pode comparecer pessoalmente ao recadastramento. Posso fazer o recadastramento por ele(a)?

Não, pois a legislação não permite procuração para o atendimento eleitoral. Todos os eleitores devem comparecer pessoalmente. No caso do eleitor enfermo, ele pode aguardar o seu restabelecimento para regularizar a situação; para pessoas com necessidades especiais, a Justiça Eleitoral está buscando locais que atendam requisitos de acessibilidade. Para a coleta de dados biométricos, são necessários estrutura e equipamentos diferenciados, dificultando sua montagem em qualquer lugar. Verifique com o Cartório da sua Zona Eleitoral a solução possível para cada caso.

11 - Perdi o prazo e o meu título foi cancelado. E agora?

Procure o Cartório da sua Zona Eleitoral e se informe sobre os procedimentos a serem adotados.

FONTE: Sidinei Gonçalves/Assessoria Legislativa.
Registro Profissional Jornalista: 1638/RO
Fonte: TRE

Encaminhe pedidos
Matérias Legislativas e Normas Jurídicas