A secretaria municipal da saúde realiza a 1ª conferência Municipal da saúde das mulheres

Com tema “Saúde das Mulheres: Desafio para a integralidade com equidade” , a 1º conferencia Municipal das saúde das mulheres de Espigão do Oeste organizado pela secretaria municipal da saúde,aconteceu nos dias 12 e 13 de junho, e teve como principal objetivo, recuperar um processo de mobilização social que tem no centro a implementação da política nacional de atenção integral à saúde das mulheres.o evento foi um sucesso,e contou com a presença dos vereadores ,estudantes e do público em Geral 

A conferência debateu os seguintes eixos temáticos:
I – o papel do estado no desenvolvimento socioeconômico e ambiental e seus reflexos na vida e na saúde das mulheres. II- o mundo do trabalho e suas consequências na vida e na saúde das mulheres. III- vulnerabilidade e equidade na vida e na saúde das mulheres: IV- Políticas públicas para as mulheres e a participação social. 
A vereadora Saraira Toledo representou a Câmara Municipal na abertura do evento, destacando as lutas históricas que as mulheres enfrentaram para galgarem seus atuais direitos básicos “Nós, ainda temos muitos direitos as serem perquiridos, todavia trabalhamos a mesma hora-trabalho que os homens nas empresas privadas e nos serviços públicos, entretanto auferimos um menor salário que os homens.É, na saúde não é diferente.O estado brasileiro não prioriza a prevenção das mulheres, omite nas políticas públicas .Estas atividades como a de hoje, nos engrandece e trilha nossos direitos no caminha da justiça social. Em nome do secretário de saúde Eduardo cruz, parabenizo a todos que contribuíram para o sucesso deste evento” ponderou Saiara Toledo. 

A Vereadora Lirvani Storch contagiou o público com sua palestra que debateu o tema “Direito da mulher”. Lirvani rememorou com uma precisa linha do tempo, os privilégios do homem e a exclusão das mulheres que já era aplicada desde a ancianidade. “Na antiguidade as mulheres viviam sobre os domínios dos homens, não possuíam direitos próprios, não tinham direito ao voto ou ter uma profissão. Mas, nos dias atuais, a mulher vem ganhando muito espaço na sociedade por sua inteligência, dedicação e principalmente pela luta diária por seus direitos que vem sendo negado há séculos” ponderou a palestrante e vereadora Lirvani Storch.

FONTE: Sidinei Gonçalves/Assessoria Legislativa.
Registro Profissional Jornalista: 1638/RO

Encaminhe pedidos
Matérias Legislativas e Normas Jurídicas