Situação dos ébrios da praça municipal em debate

             

           Os vereadores da Câmara municipal de Espigão do Oeste, marcaram presença na reunião articulado pela promotora de justiça Dra. Laíla de Oliveira Cunha, que aconteceu no ontem (24) na auditoria do Ministério Público de Espigão. A reunião contou com participação significativa dos representantes da sociedade civil organizada, Poder Legislativo e Prefeitura.
          O principal objetivo da reunião foi o de debater a situação dos ébrios (moradores de rua) que concentram suas moradias em torno da praça municipal. Após horas de debate, - para tentar entender o motivo, que levaria tal atitudes, daqueles seres humanos, em fixarem residências em meios inadequados e até mesmo medir suas resistências para iniciar voluntariamente a recuperação dos tóxicos ingeridos e inalados diariamente -, todos tiveram voz e vez para buscarem uma solução do problema, com responsabilidade e dentro da competência de cada entes representativo presente no evento. 

          Como uns dos principais encaminhamentos da reunião, ficou: A SEMAS irá realizar um chamamento público;um procedimento destinado a selecionar organização da sociedade civil para firmar parceria por meio de termo de colaboração ou de fomento, no qual se garanta a observância dos princípios da isonomia, da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da publicidade, da probidade administrativa, da vinculação ao instrumento convocatório, com objetivo de desenvolver projetos sociais, voltados para preparar um centro de recuperação  voltados para os moradores de rua. E o segunda conclusão direta dos participantes, é  desenvolver uma campanha no sentido de conscientizar a população e não financiar a permanência dos ébrios na praça, com doação em dinheiros e alimentação.


             

Encaminhe pedidos
Matérias Legislativas e Normas Jurídicas